Fertisanta terá primeiro armazém regularizado pela Prefeitura dentro da área portuária

Desde a nova legislação urbanística, Fertisanta realiza primeira obra de acordo com as novas diretrizes

O Porto de Imbituba deverá receber o seu maior e mais moderno armazém graneleiro até o final do ano. Construído pela empresa Fertisanta, ele terá mais de 12 mil metros quadrados, com um investimento de R$ 40 milhões.

A obra é a primeira devidamente licenciada pela Prefeitura de Imbituba na área portuária, desde a nova Lei Complementar no 4725/2016, reformulada com novas exigências que tratam principalmente dos padrões técnicos e urbanísticos para regularizar obras de construção, modificação ou acréscimo no município.

O prefeito de Imbituba, Jaison Cardoso, visitou o local para acompanhar o andamento do projeto, acompanhado do secretário de Desenvolvimento Urbano, Saneamento e Habitação (Sedurb), Eduardo dos Passos Nunes, e do sócio-diretor da Fertisanta, Beto Martins.

Para Jaison, a construção do armazém irá alavancar o crescimento da cidade em um período de crise na maioria dos municípios. “O porto continua mostrando resultados positivos, mesmo diante da situação que estamos vendo no país. Esse armazém vai gerar recursos para a nossa cidade e abrir as portas para outros investimentos”, destaca.

Segundo o sócio da Fertisanta, Beto Martins, o novo armazém inclui uma operação totalmente automatizada, com capacidade para 80 mil toneladas. “Nossa expectativa é movimentar cerca de 800 mil toneladas por ano, e a previsão é de iniciar as operações em janeiro de 2017. Este é um dos maiores investimentos que estão sendo feitos atualmente no Porto, e só fortalece a relação que temos com o desenvolvimento de Imbituba”, comenta.

Texto e fotos: Lorraine Amorim Corrêa