Facisc avalia atraso de atividades aduaneiras


Maior Sistema empresarial voluntário de Santa Catarina, a FACISC informa que está ciente dos fatos relacionados ao atraso das atividades aduaneiras em portos da alfândega do Estado por parte da Receita Federal e que tomará as providências legais necessárias para que não haja maiores danos à classe empresarial. A Federação avalia que a paralisação causa prejuízos econômicos ao setor ao atrasar a manutenção dos despachos, nos portos e nos aeroportos criando barreiras para o desenvolvimento das empresas afiliadas. Mais informações: Assessoria jurídica Facisc - marcialuz@gdr.adv.br ou (48) 3222 9696

Destaques
Arquivo
Tags de Notícias