Aumento do Fundo Eleitoral: Associações Empresariais divulgam outdoors

Outdoor assinado em conjunto pelas Associações da região, foi deliberado em reunião ocorrida na ACIT, no mês de janeiro.

Começou a veicular esta semana, a campanha assinada por Associações Empresariais da região, que mostra a manifestação contrária ao aumento do Fundo Eleitoral. Além de outdoors nos principais pontos das cidades-sede, serão utilizadas as redes sociais e email marketing para reforçar o movimento.


A iniciativa é assinada em conjunto pelas Associações Empresariais de Araranguá/Extremo Sul (Aciva), Braço do Norte (Acivale), Capivari de Baixo (Acicap), Garopaba (Acig), Gravatal (Asseg), Imaruí (Acei), Imbituba (Acim), Jaguaruna, Sangão e Treze de Maio (Acirj), Laguna (Acil), Pedras Grandes (Aepg), Rio Fortuna (Acirf) e Tubarão (Acit).


A campanha apresenta também os parlamentares (deputados e senadores) catarinenses que votaram a favor do aumento do Fundo para R$ 5,7 bilhões. São eles os senadores Dario Berger e Esperidião Amin e os deputados federais Angela Amin, Carlos Chiodini, Celso Maldaner, Darci de Matos, Fabio Schiochet, Pedro Uczai, Helio Costa e Rogerio Peninha, que se absteve de votar.



O movimento é resultado de uma reunião ocorrida na ACIT, no mês de janeiro deste ano, para a qual os parlamentares foram convidados a participar, mas não compareceram.


A campanha faz ainda um alerta para que o eleitor se lembre do aumento quando for exercer seu direito de voto, nas urnas.


O Fundo Eleitoral foi criado em 2017, por meio de Lei Federal, sendo que os recursos liberados são definidos pela Lei Orçamentária Anual (LOA). Em 2020, este recurso somou cerca de R$ 2 bilhões e, em 2021, o Congresso Nacional aprovou o projeto para elevar os recursos de campanha para R$ 5,7 bilhões.

Elke Schuch Borges Assessora de Comunicação Jornalista (SC 01274 JP) (48) 98848-1462