Comemorações aos 44 anos da Biblioteca Pública Municipal Cônego Itamar Luiz da Costa iniciam nesta s

A programação reunirá diferentes manifestações culturais, confira!

A Diretoria de Cultura, da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte da Prefeitura de Imbituba, através da Biblioteca Pública Municipal Cônego Itamar Luiz da Costa realizam nesta semana oficinas e sarau para comemorar o aniversário de 44 anos deste equipamento cultural. Todo cidadão é convidado a participar! As criações produzidas durante as oficinas pelos participantes irão compor a decoração do VII Sarau Musical. Nos dias 15 e 16 de julho de 2019 a Biblioteca realiza em parceria com a comunidade, quatro oficinas gratuitas, que abordam aspectos da tradição popular. Nesta, segunda-feira (15) acontece a oficina Origami Tsuru, com Sofia Vicente, em dois horários e na terça-feira, acontecem três oficinas: Pão-por-Deus, com a profª. Cilésia Nascimento Inácio, Abayomi, com Elaine Coelho da Luz e Poesia em Movimento, com Izar Duarte e Lorraine Amorim. Para inscrições confira as informações ao final do texto. O VII Sarau Musical acontece na próxima quinta-feira, 18 de julho de 2019, o evento é gratuito e terá início às 19h na própria Biblioteca. A programação conta com a apresentações artísticas, musicais, exposições e manifestações culturais. O VII Sarau Musical será conduzido pelo Grupo Folclórico Cultural Imbé, com apresentações de poemas e canções que apresentam a cultura imbitubense enaltecendo a memória de nosso povo.

Durante o evento os participantes poderão prestigiar a projeção da Exposição Ambiental "Aqui tem Mata", via Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Imbituba. E também conhecer os Mosaicos da artista Liz Panek. A arquiteta e urbanista, Débora Campos da Rosa, estará presente e apresenta e exibe a proposta de reabilitação das Torres Gêmeas para ser a sede própria da Biblioteca, toda a comunidade é convidada a conhecer a proposta e prestigiar o evento. VII Sarau Musical Data: 18/07/2019, quinta-feira Horário: 19h às 23h Local: Biblioteca Pública Municipal Cônego Itamar Luiz da Costa Rua Nereu Ramos, nº 276 - Centro - Imbituba/SC Evento: https://www.facebook.com/events/334790193857418/ Como chegar: https://goo.gl/maps/FHR1HsTtXxw PROGRAMAÇÃO - Matheus Laurentino, músico e violonista interpreta músicas brasileiras tocadas no violão de 7 cordas - “Cantoria da Bandeira do Divino Espírito Santo” do Distrito de Mirim - “Coral Nhe'e Amba” dos Índios Guarani da Aldeia Tekoá Marangatu, de Imaruí - “Orquestra Clarins de Sião”, liderada pelo maestro Glicenio Dias Damázio - “Xangô: O Deus da Justiça”, performance com Francisco da Silveira Neto, dirigida por Fillipi Anselmo - Grupo Musical Zimbáfrica, com o Movimento Negro de Imbituba - Dança Circular, com Kharina Oleksiuk Traga sua caneca, vamos aquecer seu coração! A Casa Açoriana traz ao Sarau a venda de um delicioso quentão e pinhão, com um valor justo para aquecer o público presente, quem trouxer a sua caneca leva um desconto especial.

SOBRE AS OFICINAS São 20 vagas para cada oficina abaixo, todas as oficinas são gratuitas! 15 de julho de 2019, segunda-feira

Origami Tsuru, com Sofia Vicente A arte tradicional japonesa de dobrar um pedaço de papel e criar animais e objetos dos mais variados tipos encanta crianças e adultos por todo o mundo. A Biblioteca Pública Municipal Cônego Itamar Luiz da Costa, receberá uma oficina de origami, na próxima terça (16) às 17h. A colaboradora Sofia Vicente conduzirá oficina. Cada participante deve trazer sua própria tesoura e régua. 14h às 16h, inscrições esgotadas. 17h às 19h, Inscreva-se aqui.

16 de julho de 2019, terça-feira

Pão-por-Deus, com Cilésia Nascimento Inácio Expressão correspondente a um pedido, dádiva, mas com formas e objetivos diferentes. Nas ilhas açorianas o pão-por-Deus era pedido pelos meninos, que pediam pão ou guloseimas, com cantorias infantis ou solicitações simples. Em Imbituba a pureza de certos costumes tradicionais dava a vida simples do nosso povo os mais belos encantos. Era um meio de comunicação romântica, onde as mensagens de amor, amizade e simpatia, escritas nas mais variadas figuras de papel, em recortes geométricos, transmitiam os mais diversos pedidos. As mensagens em versos circulavam entre namorados, amigos, parentes e pessoas vizinhas (adaptado do texto Tradição Desaparecida, de autoria da Prof.ª Cilésia). 10h às 12h, inscreva-se aqui.

Abayomi, com Elaine Coelho da Luz Abayomi são bonequinhas feitas de retalhos que nasceram nos porões dos navios negreiros! Mães rasgavam suas roupas e improvisavam bonequinhas para suas crianças brincarem! ABAYOMI, na língua yorubá significa “encontro precioso” e fica na história como um amuleto de “resistência”! Nos nossos dias, vestimos as bonequinhas mais alegremente, mas os corpinhos delas são como os originais: retalhos e nós que formam a cabeça, as mãos e os pés! Cada participante deve trazer sua própria tesoura. 14h às 16h, inscreva-se aqui.

Poesia em Movimento, com Izar Duarte e Lorraine Amorim

A oficina visa a superação da poesia como uma simples construção rítmico-formal. Essa atividade possibilitará a desconstrução da ideia pré-concebida do formato dos poemas, liberando a criatividade dos participantes para trabalharem outros elementos dentro do texto, como movimento e impacto visual. 19h às 20h30, inscreva-se aqui. SOBRE AS PROGRAMAÇÕES O Grupo Folclórico Cultural Imbé busca pesquisar, documentar e apresentar a cultura imbitubense, enfatizando o jeito de ser e as formas de fazeres do povo local. Apresenta registros de músicas, poemas, artes, artesanatos, comidas típicas, crenças e outros saberes culturais miscigenados nas tradições indígenas, açorianas e africanas. Criado em 2018, o Grupo escolheu o nome "Imbé", de origem indígena que remete a questão cultural já originada pelo seu próprio nome. O Grupo convida a reviver alguns trabalhos culturais que ao passar dos tempos ficaram no esquecimento, ou pelo menos na memória de nosso povo.

Cantoria da Bandeira do Divino Espírito Santo do Distrito de Mirim É a primeira etapa dos festejos do Divino Espírito Santo. A Bandeira do Divino é recebida de casa em casa acompanhada de um cortejo, formado por homens, mulheres e crianças. Por meio de cânticos o grupo pede permissão para entrar em cada casa, durante a visita o ritual do cortejo passa por etapas e após conversarem por algum tempo, os cânticos são retomados para as despedidas e agradecimentos. E assim segue o cortejo até a próxima casa.

Orquestra Clarins de Sião Fundada em 1968, tem como objetivo maior enaltecer o nome do Senhor através da música. Liderada pelo maestro Glicenio Dias Damázio conta com cerca de 60 integrantes, destaca-se por seu estilo autêntico e vem ganhando reconhecimento a nível Estadual. Completa no ano de 2019, 51 anos de existência, firme em seu propósito de louvar ao Senhor e levar música Cristã de qualidade a todos.

Xangô: O Deus da Justiça apresenta um relato artístico sobre as religiões de matriz africana, representando Xangô, Deus da Justiça e da Verdade, pai da sabedoria e do equilíbrio. Em uma performance onde corpo e voz retrata o respeito e a desmistificação da umbanda e das religiões africanas.

O Movimento Negro de Imbituba, através do Grupo Musical Zimbáfrica canta músicas afrobrasileiras, enaltecendo a cultura africana. A Dança Circular tem sido utilizada para reunir pessoas em alegres celebrações, promovendo e harmonizando tanto o indivíduo quanto o grupo. Ao constatarmos a nossa essência, percebemo-nos conectados à Força Universal. Fonte: Equipe Biblioteca (48) 99926-2111

Destaques
Arquivo
Tags de Notícias

Faça parte desta entidade e tenha acesso às melhores soluções para sua empresa.

Venha fazer parte da ACIM:

ACIM - Associação Empresarial de Imbituba

Rua Nereu Ramos, 815 - Sala 201/A

Centro - Imbituba / Santa Catarina

Telefone: +55 (48) 3255-1415

 

Email: atendimento@acimimbituba.org

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • whatsapp

​© 2020 Todos os direitos reservados. Desenvolvido por

Agência Onde - Tubarão/SC