Festival Gastronômico Baleia Franca valoriza o turismo durante a temporada de observação

Evento acontece de 19 de setembro a 13 de outubro, em Imbituba

As baleias francas e seus filhotes já estão no Litoral catarinense. De julho a novembro, eles aproveitam as águas mais quentes e tranquilas da região para o período de reprodução e amamentação da espécie. A presença destes gigantes do mar atrai, anualmente, milhares de turistas. Pensando nisto e como forma de agregar valor ao turismo na chamada Rota da Baleia Franca (RBF) – compreendida pelos municípios de Imbituba, Garopaba e Laguna – será realizado o Festival Gastronômico Baleia Franca.

Marcado para o período de 19 de setembro a 13 de outubro, o evento contará com a participação de 29 estabelecimentos gastronômicos de Imbituba. São restaurantes, pizzarias, pubs, hamburguerias e restaurantes orientais que servirão diversas opções de comidas selecionadas especialmente para o Festival, como porções, pratos à la carte, hambúrgueres, pizzas, sushis, combinações, além de acompanhamentos, como bebidas e até sorvete.

Entre os estabelecimentos, algo em comum: todos os pratos selecionados para o evento serão comercializados pelo valor de R$ 49,90. A secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Imbituba, Carina Ferreira, explica que o objetivo é criar um festival da baleia que tenha valor agregado, envolvendo vários setores, não apenas os restaurantes, mas, também, outros empreendimentos compreendidos pela Rota.

“A intenção é movimentar a economia durante a baixa temporada e incrementar o Festival para atrair cada vez mais público. A expectativa é bastante positiva no sentido de conseguir agregar valor para os turistas que estão visitando o Litoral Sul nesta época do ano, para que eles possam visitar os melhores restaurantes e degustar pratos deliciosos por um preço justo e tabelado especialmente para o evento”, destaca Carina.

Fortalecendo o turismo

O Festival Gastronômico Baleia Franca é um projeto de fortalecimento do turismo de observação de baleias no Litoral Sul catarinense com cunho gastronômico cultural, cujos objetivos são a integração do setor, a valorização de ingredientes locais e a promoção da cultura da região. Além de promover as empresas de alimentação fora do lar que integram a RBF, o evento ainda gera fluxo de turistas nesta época do ano – considerada de baixa temporada, mas que possui um potencial econômico graças ao turismo de observação de baleias – e colabora para o ganho de receita das empresas.

“Queremos impulsionar o fluxo de pessoas no território da baleia franca. Para isso, vamos valorizar e promover a gastronomia local por meio da diversidade de sabores, conceitos e apresentações de pratos. Contamos com a colaboração dos empreendedores graças a essa ação de integração dos 29 estabelecimentos participantes do Festival”, reforça a analista do Sebrae/SC Sul, Juliana Ghizzo.

A ação integra o calendário anual da Rota, fruto de um projeto desenvolvido pelo Sebrae/SC com apoio das Prefeituras de Garopaba, Imbituba e Laguna. Atualmente, a RBF é coordenada por empresários através do Núcleo Rota da Baleia Franca, desenvolvido pela Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), com suporte das Associações Empresariais dos três municípios.