Imbituba conhece projeto para parceria com porto de Sines, em Portugal

Imbituba do Futuro: evento Conexão Imbituba – Portugal reuniu mais de 50 pessoas interessadas em conhecer as oportunidades de negócio internacionais

A Associação Empresarial de Imbituba – ACIM promoveu na noite desta terça-feira, 20, o evento Imbituba do Futuro: Conexão Imbituba - Portugal na Câmara de Vereadores de Imbituba. O ponto alto do encontro foi assinatura de um Acordo de Cooperação em Regime de Reciprocidade para estudo e desenvolvimento de atividades recíprocas. Também foi apresentado um modelo de negócio para exportar produtos catarinenses via Imbituba, até Sines, seja com destino a Portugal ou outros países da União Europeia e parceiros comerciais.

Mais de 50 pessoas participaram do encontro que contou com a presença da vice-cônsul de Portugal, Susana Pereira, do presidente da Junta Comercial do Estado de Santa Catarina – JUCESC, Juliano Chiodelli, representando também a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Turismo, e o presidente da Câmara Catarinense de Intercâmbio com Países Lusófonos, Dr. Carlos Varela Luc. O prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, o presidente da Câmara de Vereadores, Roberto Luiz Rodrigues, a Secretária de Desenvolvimento Econômico Carina Genovez, o presidente da SC Par Porto de Imbituba, Jamazi Ziegler e o comandante da Guarnição Especial da Polícia Militar de Imbituba, Major Daniel Nunes participaram do evento, entre outras autoridades locais.

A vice-cônsul destacou que já existem acordos bilaterais entre Brasil e Portugal, os quais geram oportunidades de negócio para ambos. “As vantagens de ter Portugal como um parceiro incluem muito mais do que apenas um país, afinal, como membro permanente da União Europeia temos muitos parceiros comerciais, especialmente em relação aos países de Língua Portuguesa. Para termos ideia das possibilidades, apenas em 2018 Portugal exportou € 2,3 bilhões para o Brasil e, inversamente, o Brasil € 1,4 bilhões para Portugal. Além disso, Portugal oferece facilidade de acesso aos mercados europeus, menores custos operacionais do que outros mercados da Europa, qualidade de vida e condições de segurança”, destaca Susana Pereira.

O presidente da Câmara Catarinense de Intercâmbio com países Lusófonos apresentou uma ideia de modelo de negócio para firmar uma ponte entre o Porto de Imbituba e o Porto de Sines. “A ideia da Via Europa é termos uma base das exportações em cinco regiões em Santa Catarina a partir de Imbituba, de forma que não concorram entre si, ligadas a uma empresa constituída em Portugal com capital estrangeiro que fará o apoio à importação e exportação ”, explica Dr. Carlos Varela Luc.

O presidente da Junta Comercial apresentou as mudanças que estão sendo feitas no sistema de aberturas de empresas em Santa Catarina, bem como o programa SC Bem Mais Simples. “Hoje no Estado já conseguimos abrir uma empresa em 5 minutos, mas a média é de 42 minutos. Nosso foco é a desburocratização, através de simplificação agilidade e eficiência. Isso também foi possível pela implantação da Junta Digital. Com o SC Bem Mais Simples o empreendedor irá em apenas um lugar para abrir o seu negócio: a Internet. As empresas com baixo risco sanitário e baixo potencial poluidor serão abertas com muito mais facilidade, confiando na palavra do empreendedor”, apresenta Juliano Chiodelli.