Paralisação dos caminhoneiros: posicionamento da ACIM

A ACIM - Associação Empresarial de Imbituba, segue a linha da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina – FACISC e solidariza-se com a greve dos caminhoneiros, sem que haja excessos e sem deixar os serviços básicos de subsistência sem atendimento.

Na verdade, a paralisação é o resultado de uma insatisfação latente da classe produtiva. Acreditamos que há uma inversão de valores nos impostos brasileiros. Entendemos que a governança no país está a serviço da política, despreocupando-se com o bem-estar da população.

Nossa Constituição é corrompida no momento em que se presta atenção a minúcias e não ao seu fundamento. Somos defensores de um Brasil seguro, com saúde, educação, produção e empregos para todos, com uma máquina pública reduzida e eficiente a serviço do povo brasileiro: este é o anseio da classe empresarial.

Adilson Silvestre

Presidente

Acesse o manifesto da FACISC.