Sul conquista 1ª escala do Porto de Imbituba para a Ásia

Um anseio das Associações Empresariais do Sul do Estado, a 1ª escala do Porto de Imbituba para a Ásia tornou-se realidade e iniciou nesta terça-feira (5). Anunciada em 23 de junho deste ano, a linha Ásia é considerada uma conquista de toda comunidade portuária de Imbituba e região, da qual fazem parte a Associação Empresarial de Imbituba e a FACISC que vinham trabalhando em conjunto há aproximadamente dois anos solicitando a escala.

As associações empresariais do Sul do Estado, por meio da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) emitiram um ofício à administração do empreendimento requerendo a abertura de linhas de longo curso com destino aos Estados Unidos, costa Leste e golfo do México (Houston e New Orleans) e Ásia, pelo Porto de Imbituba, visando o desenvolvimento das empresas e da região. Com a chegada de um dos maiores navios do mundo, lideranças da FACISC na região, o segundo vice-presidente eleito Carlos Fornazza, o vice-presidente regional, Samuel Ramos de Lima e o presidente da ACIM de Imbituba, Jaime Pacheco Alves, participaram do evento representando a entidade.

Representantes da Regional Sul, da esquerda para a direita: Presidente da ACIM, Jaime Pacheco Alves, Vice-presidente regional Samuel Lima e Carlos Fornazza, 2º Vice-Presidente da FACISC

Segundo o vice-presidente regional da Federação, Samuel Ramos de Lima, o recebimento de novas linhas no Porto de Imbituba é importante para aumentar a competitividade, não apenas do porto, mas de toda a região sul. “O pedido coletivo reafirmou o potencial da regional na importação e exportação, por isso estamos unidos no reforço para esta oportunidade comercial que beneficiaria diversos segmentos empresariais”, relatou.

O navio Cap San Juan, atracou no Porto de Imbituba na terça-feira (5), marcando a abertura de uma nova fase para a economia catarinense, dando início às escalas em Imbituba da Rota Ásia. A linha que passa a ser semanal no porto do Sul de Santa Catarina conta com 13 embarcações porta-contêineres e atravessa 19 portos entre a América do Sul e a Ásia. A primeira embarcação chega da Argentina e foi recepcionada pelo Governador do Estado de Santa Catarina, Raimundo Colombo, gestores da SCPar Porto de Imbituba, responsável pela administração do porto e demais representantes das empresas Hamburg Sud e Santos Brasil, armador e arrendatário do Terminal de Contêineres (Tecon Imbituba), respectivamente.

Um dos anseios do meio empresarial da região é o crescimento das atividades portuárias em Imbituba que impacta diretamente a economia regional. O presidente do conselho de administração da SCPar Porto de Imbituba, Paulo Cesar da Costa, afirma que para este ano há uma projeção de aumento de 16% na movimentação, alcançando a marca de 5,6 milhões de toneladas.

O diretor-presidente da Autoridade Portuária de Imbituba, Rogério Pupo Gonçalves ressalta que o Porto de Imbituba quer ser um instrumento de desenvolvimento do Estado, buscando sempre a melhoria de sua eficiência e custos competitivos. “A SCPar Porto de Imbituba está trabalhando fortemente na atração de linhas de longo curso, tanto de serviço para a Ásia, como para os Estados Unidos. Ações como esta liderada pela Facisc são fundamentais para a comunidade portuária promover a aproximação com importadores e exportadores, e esse envolvimento só fortalece a cadeia de produção, trazendo benefícios a diversos seguimentos da sociedade”, salienta.