Setembro amarelo: Imbituba na defesa e valorização da vida


As estatísticas sobre suicídio no Brasil assustam. Por ano, são registrados no país, aproximadamente, 12 mil casos consumados e milhares de tentativa. De acordo com a Associação Brasileira de Psiquiatria, 96,8% dos registros estão relacionados aos transtornos mentais, seguidos pela bipolaridade e pelo uso de drogas.

Em Imbituba uma programação intensa será realizada durante o mês de setembro, na tentativa de chamar a atenção dos moradores para este tema. “Precisamos quebrar os tabus e colocar o assunto em pauta. Não podemos esperar que algo aconteça, para depois tomarmos alguma atitude. As famílias precisam ser orientadas. O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) tem uma equipe de profissionais que pode trazer conforto aos que estão sofrendo desse mal”, afirmou a Secretária Municipal de Saúde, Graciela Wiemes Ribeiro.

Desde o último domingo (01), o telefone 188 está disponível para quem precisar de orientação e ajuda. O número vale para todo o território nacional e aceita a ligação de celular.

Destaques
Arquivo
Tags de Notícias